Persore
19 3407.2379 | 9 9783.1818   


Considerações sobre a prática de Coaching.

Por: Angelina Feltrin

Sullivan França, presidente da Sociedade Latino Americana de Coaching, na qual a PERSORE é credenciada, define “Coaching” como “um processo com foco 100% em solução, visando apoiar a pessoa que busca um desenvolvimento, seja pessoal ou profissional”.

A minha vivência como Coach nas organizações, conduzindo o processo de Coaching com indivíduos cujo resultado esperado é claramente definido, tem demonstrado que este processo é muito eficiente, “100% solução”. Porém, desde que haja no Coachee, o real desejo de alcançar estes resultados, que evidentemente lhe trará benefícios de curto ou médio prazo.

É essencial que haja uma motivação interna, que o individuo queira obter estes resultados. É esta motivação interna que permite que o processo caminhe com eficácia. Assim, utilizando as técnicas e ferramentas adequadas, conduzimos a pessoa ao conhecimento de seus recursos e ao desenvolvimento de suas habilidades, a fim de que “destrave” o seu potencial, maximize o desempenho e alcance os resultados desejados.

A aprendizagem que o Coaching proporciona à pessoa então é muito motivadora. Digo mais: - É transformadora! O feedback que recebe, seja dos colegas ou de seus superiores em relação ao seu desempenho e sua mudança estimula ainda mais a pessoa a buscar os resultados. E eles são surpreendentes!

Há alguns casos, porém, em que o desejo interno do Coachee não é necessariamente aquele esperado pela organização, seja porque há outras prioridades na vida do individuo, seja porque não compartilha com o que esperam de seu desempenho, seja porque há questões emocionais que impedem o “destravamento” da pessoa. Nesses casos, os resultados quase não são percebidos e o processo se torna “morno”. A minha percepção, como Coach, é a de que ele participa do processo para “atender ao chefe”, mas logo volta ao padrão de desempenho anterior. Não há transformação! O Coaching torna-se superficial, apenas com a utilização das ferramentas que dispõe.

Considero muito importante então que tudo isso seja esclarecido tanto para a direção da empresa, como para a liderança e para o próprio individuo. É necessária essa transparência, uma vez que em alguns casos a técnica poderá ser em vão. Tal como participar do curso de Coaching, conhecer práticas e ferramentas, mas não vivenciar o processo....

Mas este é assunto para um outro pensar....

15
Janeiro
2016





CATEGORIAS

•  Avaliação Psicológica
•  Coaching
•  Orientação Profissional
•  Outros
•  Psicologia
•  Recursos Humanos

ARQUIVOS

• 2017
   - Mai  

• 2016
   - Out  
   - Set  
   - Ago  
   - Jul  
   - Jun  
   - Mai  
   - Abr  
   - Mar  
   - Fev  
   - Jan  

• 2015
   - Dez  
   - Nov  

TAGS

AUTOIMAGEM; Capacitação; Características; Caráter; Ciência; Coaching; Comunicação; Consultoria ; Consultoria Recursos Humanos; Desenvolvimento; Desenvolvimento de Pessoas; Escrita; EXPECTATIVAS; Feedback; Grafia; Grafologia; Grafonômica; Inteligência; Organização; Originalidade; PCO; Percepção; Percepçãoo ; Personalidade; PERSORE; PERSORE - Desenvolvimento de Pessoas; Pesquisa; Pesquisa de Clima Organizacional ; Planejamento; Psicóloga; Psicologia; Recrutamento e Seleção; Recursos Humanos; RELACIONAMENTO; RH; Símbolos Gráficos; Seleção de Profissionais; Temperamento; Treinamento;


© 2015 | Persore - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: Aumai Oxycom
(19) 3407.2379 | 9 9783.1818
Av. Nossa Senhora de Fátima, 2790 - Salão 20
Condomínio Machadinho - Americana|SP
CEP 13478-540