Importância da avaliação psicológica na seleção de pessoal - Persore
19 3407.2379 | 9 9783.1818   
Blog


Junho
 28
2016









Importância da avaliação psicológica na seleção de pessoal

Por: Angelina Feltrin

Refletindo sobre as contratações de colaboradores nas empresas, lembrei-me de um velho e conhecido ditado: “encontrar o homem certo para o lugar certo”. E isso faz todo sentido.

Para a empresa, quanto mais adequado o perfil do candidato às exigências do cargo, mais fácil será sua adaptação, melhor será seu desempenho e o andamento dos trabalhos seguirá com rapidez e qualidade, reduzindo custos de retrabalho e desperdício. Para o colaborador, representa satisfação no trabalho, realização pessoal e consequentemente, melhor qualidade de vida. Empresa e colaborador saem ganhando.

Para que isso se torne realidade, é muito importante que o selecionador conheça muito bem os processos e sistemas da empresa, a descrição do cargo específico, as competências necessárias para a execução das atividades e também as atividades que os demais colaboradores executam e as relações que se estabelecem entre os cargos (Lunardelli & Parpinelli, 2006).

A avaliação psicológica é considerada uma das principais ferramentas do processo de seleção. Segundo o Conselho de Psicologia, a avaliação psicológica “consiste de um processo técnico e científico, que envolve a produção, a integração de informações provenientes de diversas fontes (entrevistas, observações, testes, analise de documentos, dinâmicas, entre outros), a interpretação de dados, o levantamento de hipóteses relevantes e a comunicação de resultados”. Ainda, não pode ser confundida com uma simples “testagem”, devendo ser compreendida em toda a sua complexidade.

Requer planejamento prévio e cuidadoso, para que os métodos, técnicas e instrumentos escolhidos sejam adequados ao contexto ao qual se insere. Portanto não é apenas utilizada no processo de seleção, mas em outras situações, tais como na adequação de times de trabalho e promoções. E também importante ferramenta, além do contexto organizacional, por exemplo, para obtenção da CNH, porte de arma, entre outras.

O uso de testes psicológicos é de uso exclusivo dos psicólogos e se utilizados adequadamente, podem oferecer informações importantes sobre o candidato (Godoy e Noronha, 2005). Fornecem uma medida objetiva e padronizada do comportamento, isto é, possibilitam o entendimento sistematizado e prático das características psicológicas do candidato à vaga (Anastasi e Urbina, 2000).

Por fim, a comunicação dos resultados ou devolutiva (verbal ou por escrito), independentemente do resultado da avaliação, é dever do profissional e direito do avaliado, conforme descrito no código de ética dos psicólogos, no seu artigo 1, alíneas f, g e h.

A Persore, nos serviços de consultoria em Recursos Humanos, possui profissionais qualificados e habilitados para atender sua necessidade na avaliação psicológica de candidatos ou colaboradores. Fale com a gente!







 


© 2015 | Persore - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: Aumai Oxycom
(19) 3407.2379 | 9 9783.1818
Av. Nossa Senhora de Fátima, 2790 - Salão 20
Condomínio Machadinho - Americana|SP
CEP 13478-540