OUTUBRO ROSA - PARTE II - Persore
19 3407.2379 | 9 9783.1818   
Blog


Outubro
 18
2016









OUTUBRO ROSA - PARTE II

por: Kelli Cristina Mendes de Melo, 42 anos.

O mês de outubro vem sendo coroado como “Outubro Rosa”, dedicado à conscientização, prevenção e a saúde da mulher, dando uma abordagem especial ao câncer de mama!

A importância do diagnóstico precoce permite a mulher mais segurança no tratamento e no tipo de cirurgia que retirará o tumor. Por isso, a conscientização para realizar consultas anualmente e fazer os exames solicitados pelo especialista são imprescindíveis para detectar a doença.

Outro fator importante é a mulher conhecer o próprio corpo, se permitir o toque, reconhecer dores localizadas e se perceber algo diferente procurar um médico especialista para avaliação.

Redescobrir a vida, mudar a ordem das prioridades, dar mais valor aos pequenos acontecimentos do dia-a-dia, não deixar pequenas dificuldades te estressarem tanto, são algumas mudanças que ocorrem em nosso interior quando temos que passar por um tratamento tão doloroso ao descobrir uma enfermidade grave.

Isto tudo aconteceu comigo! Em julho de 2015 agendei minha consulta anual com a ginecologista, em agosto passei pela consulta, realizei alguns exames no consultório mesmo e agendei a mamografia e ultra som. No dia da consulta estava tudo certo.

No inicio de setembro realizei a mamografia e uns dois dias após foi solicitado que eu fosse fazer um complemento para concluir o laudo. E no resultado constava uma alteração na mama esquerda. Foi aí que tudo começou, o próximo exame solicitado já foi uma biópsia.

Saindo deste exame, pela conversa que eu tive com o doutor, já sabia que estava com “câncer”. E partir deste momento minha rotina já mudou.

Foram vários exames, consultas até concluir o diagnóstico. E no dia 18 de novembro recebi o resultado final, que concluiu: Carcinoma invasivo (neoplasia maligna da mama), o famoso câncer de mama!

E os caminhos traçados e planejados foram: cirurgia, quimioterapia, radioterapia e hormonoterapia, seria um ano de tratamento que mudaria completamente tudo em minha vida!

Num primeiro momento receber uma notícia desta é muito triste, você perde o rumo, fica meio perdida, leva um susto e chora demais. Mas, é necessário respirar bem fundo, manter a calma, ter sabedoria, tranquilidade e perseverança para vivenciar cada momento que é preciso e necessário.

Fiz minha entrega a Deus, coloquei minha fé acima e a frente de tudo. As orações diárias foram meu sustento, me tornaram forte e confiante.

Procurei não focar na gravidade da doença e sim na oportunidade que estava tendo para me curar. Minha cirurgia foi em dezembro, tive uma boa recuperação e em janeiro deste ano iniciei o tratamento de quimioterapia.

Foram vários dias, meses de muita dor, mal estar, fraqueza, cansaço, queda dos cabelos, mas nunca dei espaço para o desânimo. Fui vivendo um dia de cada vez, vencendo cata etapa com muito otimismo, com pensamentos positivos e até com alegria.

A ajuda da família e dos amigos foi essencial para me manter forte e motivada para lutar pela vida e enfrentar tantos sintomas e mudanças em meu corpo e no meu organismo.

Pude contar com uma equipe médica excelente que me orientaram e cuidaram de mim com muita dedicação, competência e amor. Meu filho, com apenas seis anos, foi um anjinho da guarda, segurou em minha mão, rezou comigo, cuidou de mim e demonstrou uma maturidade muito grande diante de tudo que presenciou e isso só me fortalecia cada vez mais.

Hoje posso dizer que estou curada, serei uma paciente oncológica por uns dez anos, pois continuo em tratamento, a hormonoterapia. Posso confirmar que o câncer de mama tem cura, se for diagnosticado no início da doença.

O sentimento que me envolve hoje é a Gratidão, a Deus e a todos que me acompanharam neste ano de muita luta, mas também de vitórias!








 


© 2015 | Persore - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: Aumai Oxycom
(19) 3407.2379 | 9 9783.1818
Av. Nossa Senhora de Fátima, 2790 - Salão 20
Condomínio Machadinho - Americana|SP
CEP 13478-540